sexta-feira, 20 de março de 2009

Quem nunca teve a idade dos 'por que's?'.


Quem nunca teve uma faixa etária onde tudo era motivo pra soltar aquele irritante 'por que?'
Todos tivemos, faz parte do aprendizado da vida, é assim que vamos aos poucos descobrindo o mundo ao nosso redor.
Nem sempre nossos pais respondem, ou nem sempre dizem a verdade por completo, afinal, aos 4 anos você não entenderá de onde vem os bebês, é algo complexo demais.
Mas aos poucos, as perguntas vão mudando, e ficando cada vez menos frequentes.
E qual é a explicação sobre isso? Você não tem mais dúvidas? Acho que não, afinal, somos humanos e há sempre uma dúvida, sempre.
Talvez porque agora, você cresceu, e aprendeu a ligar as coisas, ou até porque, você leu, escutou, ou viu a resposta para tal pergunta.
Agora, você já sabe de onde os bebês vem, porque o céu e o mar são azuis, as plantas verdes, o porque de existir o arco-íris, já consegue diferenciar o bom do ruim, sem que te digam: 'não filho, isso é mal, ou, isso faz mal.', já sabe que as pessoas podem te decepcionar, e vão, afinal, elas são humanas, é da natureza errar. Agora você já sabe com quem deve andar, mesmo que você ande com os errados, já sabe o que fazer, mesmo que o que você faz seja o errado, afinal, é errando que se aprende.
Não repare, se agora você vive brigando com seus pais, é normal, afinal, você não é mais o bebezinho deles, você já é aquele adolescente, crescido que toma suas próprias decisões. Claro, nem sempre é assim, mas você já pode decidir mais do que antes.
Lembro, quando eu acreditava que o Papai noel existia, e que quem marcava a minha casa com patinhas era o coelhinho da Páscoa. Nunca duvidei dos meus pais, afinal, por que eles mentiriam para mim? E até hoje não duvido, sei que eles em falavam, porque aquilo me deixava feliz, e de forma alguma eles esconderam a verdade quando eu descobri, e sabe, descobri isso de uma forma natural, e não fiquei chocada, afinal, já era grandinha pra entender.
Hoje posso não saber de todas as respostas, e posso ter muitas perguntas, mas consigo responder a muitas, e sei obter respostas que não consigo achar sozinha.
Hoje vejo que cresci, não muito, afinal, sempre se e´um pouco criança, e eu não me envergonho disso. Mas hoje consigo pensar e ligar as coisas, e tenho orgulho disso, de ver que mudei, num modo natural, com tudo na hora certa.

Um comentário:

  1. Eu amei esse post. (:
    Eu amo quando tu escreve no blog, Lii *.*
    Teamo♥

    ResponderExcluir